Existem experiências na nossa vida que são marcantes, transformadoras e têm potencial de expandir os nossos horizontes. Viajar e conhecer lugares e pessoas diferentes é um dos melhores métodos para criar essas experiências incríveis – e os bons momentos ficam gravados nas nossas memórias para sempre.

Ao mesmo tempo, existem situações em que surge a dúvida: devo viajar em comemoração a uma data especial ou fazer uma festa? Existem vários momentos em que essa pergunta é pertinente, mas ela costuma ser mais comum para as meninas que vão completar 15 anos e para os noivos que tem um orçamento mais apertado.

Apesar de parecer óbvio para algumas pessoas, esse é um questionamento inquietante para muita gente nesta situação e divide opiniões. Entretanto, quando o assunto é o valor das lembranças e o benefício pelo investimento realizado, então a vantagem de viajar fica muito mais evidente. Por isso, separamos a seguir alguns motivos pelos quais fazer uma viagem é muito melhor que fazer uma festa. Vamos lá!

1 – Festas duram pouco e podem custar mais (muito mais!) do que uma viagem

Vamos ser sinceros: se você é uma debutante ou pretende se casar em breve, sabe o quanto a organização da festa é trabalhosa. É preciso reservar o local do evento, cuidar da decoração, contratar um bom buffet (coisa rara!), escolher o vestido certo, fazer a lista de convidados e enviar os convites, cuidar da música… Ufa!

O custo de um evento como esse é alto, afinal, são muitas tradições e variáveis, e você precisa pagar por elas.

2 – Conhecer lugares e culturas diferentes pode ser uma experiência inesquecível

Diz o ditado que você é do tamanho do mundo que você conhece, e isso é um fato. Viajar e descobrir paisagens, sabores e pessoas diferentes de você expande os horizontes e cria memórias que vão te acompanhar para sempre.

3 – Viajar é para você, dar uma festa é para os outros

Quando você organiza uma festa, é difícil não se preocupar com o que os outros vão pensar. Afinal, a sua intenção de compartilhar um momento especial nem sempre é recíproca. Não importa o tamanho da sua festa, quanto dinheiro foi gasto ou o tanto de amor que você colocou em cada detalhe: os comentários negativos vão vir.

Em outras palavras, as outras pessoas vão aproveitar muito mais aquele momento. Enquanto isso, uma viagem te permite focar em você e nas suas experiências – por muito mais tempo.

4 – Uma festa dura pouco e precisa de muito esforço

Como já dissemos fazer uma festa memorável custa caro e envolve muito trabalho e preocupação, que pode se estender por mais de um ano! Já o momento da festa, no entanto, dura apenas algumas horas.

Essa relação é inversamente proporcional no caso das viagens, que envolvem pouco planejamento, são mais baratas e proporcionam dias, semanas e até meses de relaxamento e lembranças inesquecíveis!

5 – Relaxe e se divirta!

Melhor do que agradar as outras pessoas é focar no próprio desenvolvimento. Cada momento de uma viagem envolve o crescimento pessoal e a expansão dos horizontes imediatos, mas também é um momento de diversão e liberdade pura!

E melhor do que viajar é viajar de um jeito flexível, sem pesar no orçamento. Entre em contato com a gente, conheça mais sobre o Clube de Viagens e faça a sua adesão agora mesmo!